loader image
Pesquisar
Close this search box.

Veja quais são os tipos de empréstimos e as diferenças entre eles!

Confira tudo sobre os tipos de empréstimos disponíveis no mercado e suas diferenças!

Hoje em dia, as instituições bancárias têm à disposição uma variedade de modalidades de empréstimo para oferecer aos seus clientes. Cada uma dessas modalidades possui características e condições específicas, tornando fundamental compreender seu funcionamento e identificar as principais diferenças entre elas antes de tomar uma decisão.

Os tipos de empréstimo mais comuns incluem o empréstimo pessoal, o empréstimo pessoal com garantia e o empréstimo pessoal consignado. Além disso, existem outras opções de crédito amplamente reconhecidas, como o cartão de crédito e o cheque especial. Saiba mais sobre esse assunto a seguir:

Conheça os tipos de empréstimos disponíveis no mercado

Existem várias modalidades de empréstimos, e cada uma delas possui características distintas. Vamos analisar as mais comuns:

  • Empréstimo Pessoal: Esta é a modalidade mais popular no Brasil. Nesse tipo de empréstimo, os clientes podem obter uma quantia de dinheiro junto ao banco ou instituição financeira mediante a apresentação de documentos pessoais, comprovante de renda, comprovante de residência, entre outros. Normalmente, os juros são mais altos porque não há garantias associadas a esse empréstimo. Como exemplo, temos o empréstimo pessoal Itaú.
  • Crédito Consignado: O crédito consignado é conhecido por oferecer taxas de juros mais baixas. Isso ocorre porque as parcelas do empréstimo são descontadas diretamente do salário do contratante ou do benefício previdenciário, o que reduz consideravelmente o risco de inadimplência. Como exemplo, temos o empréstimo consignado Méliuz.
  • Empréstimo Pessoal com Garantia: Nesta modalidade, o cliente oferece um bem como garantia de pagamento ao banco ou instituição financeira. Isso pode ser um veículo, imóvel ou até mesmo aplicações financeiras. Devido à segurança oferecida pela garantia, as taxas de juros costumam ser mais baixas em comparação com o empréstimo pessoal tradicional. Como exemplo, temos o empréstimo com garantia Creditas.

Cartão e cheque especial

O cartão de crédito é uma das formas mais populares de crédito utilizadas pelos brasileiros. Após a contratação, o titular do cartão pode efetuar pagamentos de bens e serviços com facilidade. O grande atrativo do cartão de crédito é a flexibilidade no pagamento, pois os gastos podem ser parcelados e o pagamento da fatura ocorre no mês seguinte à realização das compras. 

No entanto, é fundamental cumprir com o pagamento da fatura dentro do prazo estabelecido, que geralmente é de aproximadamente 30 dias. Caso isso não ocorra, altos juros são aplicados sobre o saldo devedor, o que pode levar a uma dívida significativa se não for controlada adequadamente.

Além disso, outra opção de crédito disponível é o cheque especial, que está vinculado à conta corrente do cliente e funciona como um empréstimo pré-aprovado. Esta modalidade de crédito permite que o correntista utilize um valor pré-determinado a qualquer momento, mesmo que sua conta esteja sem fundos. 

No entanto, é importante destacar que o cheque especial é uma das opções de crédito mais caras do mercado, devido às altas taxas de juros associadas a ele. Portanto, é aconselhável utilizar o cheque especial com muita cautela, reservando-o para situações de emergência, devido ao seu custo elevado.

Afinal, qual é a melhor opção?

Empréstimo Pessoal

  • É uma opção flexível, pois não requer garantias ou consignações de salário;
  • Geralmente, possui taxas de juros mais altas do que empréstimos com garantia, devido à falta de garantias;
  • É adequado para despesas imprevistas, pequenas compras ou necessidades urgentes de curto prazo;
  • Pode ser a melhor escolha se você não possui ativos para oferecer como garantia ou se precisa de dinheiro rapidamente.

Empréstimo Consignado

  • Oferece taxas de juros mais baixas em comparação com empréstimos pessoais, devido à garantia das parcelas descontadas diretamente do salário ou benefício;
  • É exclusivo para aposentados, pensionistas do INSS e funcionários públicos;
  • Pode ser uma excelente opção se você deseja taxas de juros mais baixas e tem estabilidade financeira.

Empréstimo com Garantia

  • Geralmente possui as taxas de juros mais baixas, pois é garantido por um ativo, como imóvel ou veículo;
  • É adequado para projetos de maior porte, como compra de imóveis, reformas ou consolidação de dívidas;
  • Oferece prazos mais longos para pagamento, tornando as parcelas mais acessíveis;
  • A desvantagem é que você pode perder o ativo em caso de inadimplência.

A melhor opção depende de suas circunstâncias pessoais. Se você possui um bom crédito, pode considerar o empréstimo pessoal para necessidades de curto prazo. Se for aposentado ou funcionário público, o consignado pode ser mais vantajoso. 

Para projetos maiores e taxas mais baixas, o empréstimo com garantia pode ser a escolha certa, desde que esteja disposto a usar um ativo como garantia.

Share the Post:

Related Posts